Veja algumas dicas para se dar bem no Ceja

Sabemos que o ensino semipresencial não é uma modalidade de educação muito comum para a maioria dos estudantes brasileiros, ainda mais quando estamos falando sobre os Ensinos Fundamental e Médio. Por isso, reunimos algumas dicas que podem ajudar o aluno a concluir os estudos pronto para seguir com sua formação.

O primeiro cuidado que o estudante deve ter é com o tempo. Aprender a administrá-lo pode ser uma tarefa difícil, mas extremamente necessária para o andamento dos estudos. Crie uma agenda incluindo os horários nos quais tem tarefas como trabalho e obrigações familiares e encontre um espaço para incluir os estudos. Após fazer isso, respeite essa agenda, para que as disciplinas (matemática, história, português etc) não fiquem acumuladas.

Depois, é interessante também tentar organizar um espaço para estudar, seja em casa ou no trabalho, caso seja possível. O local precisa ser tranquilo e confortável para ler os Fascículos e fazer as suas anotações.

Apesar de o Ceja funcionar como educação a distância, há também acompanhamento presencial dos alunos. Por isso, é preciso que ao se matricular em uma escola o aluno anote os dias em que os professores das disciplinas estarão trabalhando na unidade. Procure informações sobre os horários disponíveis na secretaria da sua escola ou pela Internet, acessando a sala Mural do CEJA no CEJA Virtual para que seja possível escolher a melhor maneira de tirar suas dúvidas.

Quem pode estudar no CEJA?

O segundo segmento do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano) é voltado àqueles que têm pelo menos 15 anos de idade. Já o Ensino Médio é destinado a quem possui no mínimo 18 anos e cursou todo o Ensino Fundamental (a comprovação da escolaridade anterior não é uma condição, visto que existe o ENCCEJA).